selfie-em-lugar-perigoso

Parece uma piada, mas não é. E a tendência é que o problema só aumente com o passar dos anos. As selfies são a causa de 12 mortes ao longo de 2015, de acordo com o diário The Telegraph, sendo mais perigosas que os ataques de tubarões (8 até agora em 2015).

Essas mortes acontecem na maioria dos casos pela falta de segurança na hora de registrar a foto, em circunstâncias perigosas. Trilhos de trens energizados, pilotos de aeronaves imprudentes e turistas que tiram fotos onde não podem são alguns dos cenários onde as vítimas na sua maioria são jovens entre 18 e 22 anos.

As duas últimas mortes aconteceram nesse mês de setembro. Uma em Houston, Texas (EUA), onde um jovem de 19 anos tirou uma selfie com uma pistola apontada para a sua cabeça, que foi atirada acidentalmente. A outra foi nesse fim de semana no Taj Mahal, onde um turista japonês de 66 anos caiu das escadarias enquanto registrava a foto.

A fonte afirma que as mortes pelas selfies já são superiores às motivadas por tubarões em todo o planeta ao longo de 2015, e ainda temos mais um quarto de ano pela frente. A Wikipedia tem um artigo que lista as mortes onde as selfies são as culpadas, e mesmo que isso pareça incrível, eles são eventos reais. A ponto de entidades e órgãos governamentais estabelecer regras para as pessoas tirarem as suas famigeradas selfies.

Via The Telegraph